Empresas de Auditoria e o Compliance com o Nível de Evidenciação Obrigatório Durante o Processo de Convergência às Normas Internacionais de Contabilidade no Brasil
PDF

Palavras-chave

Accounting harmonization. External audit. Accounting information. Disclosure. Armonización contable. Auditoría externa. Información contable. Divulgación. Harmonização contábil. Auditoria externa. Informação contábil. Divulgação.

Como Citar

Maia, H. A., Formigoni, H., & da Silva, A. A. (2012). Empresas de Auditoria e o Compliance com o Nível de Evidenciação Obrigatório Durante o Processo de Convergência às Normas Internacionais de Contabilidade no Brasil. RBGN - Revista Brasileira De Gestão De Negócios, 14(44), 335–352. https://doi.org/10.7819/rbgn.v14i44.1047

Resumo

O objetivo deste estudo foi verificar quais variáveis influenciam o nível de evidenciação mínima das companhias abertas brasileiras durante o período inicial de harmonização às normas internacionais de contabilidade no Brasil. Sob o aspecto metodológico, o estudo é qualitativo-quantitativo, do tipo descritivo. A população-alvo foi formada pelas companhias abertas brasileiras não financeiras que compõem o índice IBRX da Bovespa, cuja amostra final foi composta por 78 empresas. Os dados foram extraídos das demonstrações contábeis e notas explicativas das companhias, nos períodos de 2008 e 2009, por meio do banco de dados da Economática e do site da CVM. A partir da utilização de um índice de evidenciação mínima, composto por 72 itens relativos a pronunciamentos e orientações técnicas emitidos pelo Comitê de Pronunciamentos Contábeis (CPC), foi determinado o nível de evidenciação mínima para cada empresa da amostra. O tratamento dos dados qualitativos foi realizado por meio da análise de conteúdo e dos quantitativos com a técnica de Análise Fatorial Exploratória (AFE) e de Modelos Lineares Generalizados (MLG). Os principais resultados apresentaram que o porte das empresas de auditoria, a internacionalização, o nível de governança corporativa e o nível de endividamento influenciam significativamente o nível de evidenciação mínima das empresas. Esse achado sugere que as companhias abertas da amostra, auditadas pelas big four, apresentam melhor qualidade na divulgação de informação contábil do que aquelas auditadas por outras empresas de auditoria independentes.

Palavras-chave: Harmonização contábil. Auditoria externa. Informação contábil. Divulgação.

https://doi.org/10.7819/rbgn.v14i44.1047
PDF